EXCELÊNCIA EM QUALIDADE

EXCELÊNCIA EM QUALIDADE

quarta-feira, 22 de maio de 2013

ADVOGADO SE PASSOU POR JUIZA PARA REGISTRAR OCORRÊNCIA CONTRA BLOGGER

Mais um capítulo da sentença proferida pela juiza Apoema Santos, que praticamente canonizou o fazendeiro Davi Resende Soares. Inconformado com comentários de leitores que foram publicados sobre a sentença da magistrada, o advogado e marido da juíza, Marcelo Leonardo Maia, recorreu a uma fraude ao registrar uma ocorrência, por calúnia e difamação, na Delegacia de Polícia de Dom Eliseu, contra este Blogger.

Faço esta afirmação porque o advogado incorreu no crime de FALSIDADE IDEOLÓGICA, ao registrar um Boletim de Ocorrência se passando pela própria juíza. A fraude foi descoberta porque o BO foi registrado às 21 horas do dia 13 de maio, data em que a magistrada não estava na cidade, e nem mesmo no Estado, sendo que a mesma estava em Brasília participando de um curso para novos magistrados.

A fraude praticada pelo advogado levanta uma série de dúvidas sobre até onde vai a ingerência do marido em processos que envolvem a juíza. Afinal, o mesmo já foi visto folheando processos dentro do cartório da Comarca e também já conversou com outros advogados (e também com este blogger), sobre processos que tramitam no Fórum de Dom Eliseu.

A própria sentença que julgou improcedente a Ação contra o fazendeiro Davi Resende, datado do dia 10 de maio, foi entregue no cartório somente na segunda-feira, data em que a juíza não estava na cidade.

Por outro lado, já tomei as devidas providências comunicando formalmente os fatos na Corregedoria e na presidência do Tribunal de Justiça do Pará e também junto a OAB subseção Pará.

6 comentários:

  1. Veja como são as coisas, como a corrupção, a arte de enganar e levar vantagens está arraigada nas pessoas, "a corrupção já está no DNA", tudo isto, feito por uma juíza recém empossada. Imagine quando ela tiver 10 anos de Magistrado o que será capaz de fazer!

    É hora da Associação dos Juízes Tribunal de Justiça, CNJ, deixarem o corporativismo, a inércia e a comodidade, investigar e tomar as medidas cabíveis, senão estará sepultando todos numa vala comum, isto não é bom para ninguém.

    ResponderExcluir
  2. Quantos absurdos praticados por pessoas que são detentoras de conhecimentos jurídicos, que tem o juramento de aplicar a lei e garantir direitos de indivíduos. Esperamos que providencias sejam tomadas.

    ResponderExcluir
  3. vcs deveria faze uma denuncia na tv liberal,fazendo uma reportagem falando q lei do ficha limpa não tem valor no Pará, ficha suja continua no poder em Ulianópolis, só assim o Brasil todo fica sabendo.

    ResponderExcluir
  4. de dentro da prefeitura anonimo si falar o xefi mata23 de maio de 2013 08:07

    eita cade os vereadores para fiscalizar as falcatruas de dedinha em ta sumindo documentos la de dentro da prefeitura na licitacao de manutencao dos pocos artezianos o marcopoco ganhou daquele jeitokkkk e agora vao mudar os valores tao ligando para os que participarao da licitacao para enviar documentos de novo como de costume do jonas a dona laura fez o mesmo colocou os valores la em baixo depois voltou la e aumentarao tudo kkkkkk mais um epizodio de dedinha a ladraaaaaa poren tudo vai para a conta do xefiiiiiii eita conta que esta gorda ea a sueli fica bem quietinha ne gente que coisa ne ne ne

    ResponderExcluir
  5. esse tal sujeito não é parente do chef....aqui no pará pode tudo
    em especial a qui em ulianopolis aqui o povo é besta.
    emgoli tudo.

    ResponderExcluir
  6. Tuem que averiguar se o diploma do adevogado, não é da mesma fonte onde o Davi conseguio a seu diploma de teqino,em contabilidade, kkkkkkk

    ResponderExcluir