***

domingo, 20 de julho de 2014

JORNAL O CIDADÃO COMEÇA A CIRCULAR ESTA SEMANA EM ULIANÓPOLIS

Publicação semanal está a serviço do leitor e vai denunciar o mar de corrupção que impera na prefeitura e na Câmara de Ulianópolis

O jornal O Cidadão, que circula há mais de 4 anos em Belém e em várias cidades do Pará, começará a circular esta semana em Ulianópolis. Combativo, o jornal tem se destacado em levar ao leitor a podridão existente em cidades dominadas por famílias que assaltam os cofres públicos.

Nas publicações semanais, o jornal irá mostrar toda a corrupção que reina na Prefeitura e na Câmara de Ulianópolis, ambas totalmente dominadas pela família Resende, que há mais de 15 anos vem massacrando a população do município.

Na edição que circula a partir desta terça-feira, 22, o jornal O Cidadão mostra o flagrante da caçamba da prefeitura descarregando aterro em um terreno pertencente ao secretário de obras Unilson Quinaipp. (Não por acaso tio da ex-prefeita e hoje vereadora Suely Resende).

O Cidadão também vai mostrar as denúncias feitas na Tribuna da Câmara dos Deputados, em Brasília, pelos deputados Dudimar Paxiúba, do Prós, e Arnaldo Jordy, do PPS.

Sem dúvida, o jornal O Cidadão será mais uma ferramenta para denunciar os crimes e desmandos de uma família acusada de homicídios, que pintam e bordam nas barbas do Ministério Púbico e da justiça.

 

OPERAÇÃO SORRISO VAI REALIZAR 60 CIRURGIAS LABIOPALATINAS EM SANTARÉM

Mais de 700 procedimentos cirúrgicos foram feitos durante os programas humanitários no Pará.

60 cirurgias corretivas em pacientes com lábio leporino e fenda palatina serão realizadas em Santarém no próximo mês de agosto (13 a 16) no Hospital e maternidade Sagrada Família pela ONG internacional Operação Sorriso. É a 8ª vez que esse trabalho, gratuito, será realizado na cidade. A seleção dos pacientes ocorrerá no dia 11 de agosto. Uma pesquisa feita em parceria com o Centro de Estudos de Genomas da USP (Universidade de São Paulo) e a Operação Sorriso, realizada nas cidades que já receberam os programas humanitários da ONG — mostrou que o fator genético na região tem sido o responsável pelos muitos casos de pacientes com fissuras labiopalatinas.

Por este motivo, a intenção este ano é aumentar o número de pacientes que serão estudados a fim de traçar estratégias preventivas para a redução de incidências. As 60 cirurgias corretivas gratuitas serão feitas em crianças e adultos com o problema. A seleção dos pacientes, ocorrerá no dia 11 de agosto, a partir das 8h, na Casa da Criança, à avenida Barão do Rio Branco, 860, bairro Santa Clara. Para participar da seleção, basta comparecer ao local nos dias indicados levando documentos de identificação do paciente e também do responsável e também exames de sangue recentes (realizados há seis meses ou menos), caso os tenha. Pacientes e mais um familiar que residam fora do município poderão solicitar por hospedagem gratuita no dia da avaliação. A organização também oferece transporte do alojamento até o hospital e alimentação sem custo.

Desde 2007, já foram realizadas em Santarém mais de 11 mil consultas em pacientes. Mais de 500 pessoas foram operadas e mais de 700 procedimentos cirúrgicos foram feitos durante os programas humanitários no Pará. A Operação Sorriso conta com o apoio da Marinha do Brasil, da Secretaria Estadual de Saúde de Pará, da Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, do Ministério Público do Pará, da Associação Brasileira de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial (ABCCMF), da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), do Projeto Genoma Humano, da Casa da Criança e do Hospital e Maternidade Sagrada Família. Também no dia 11 de agosto, os voluntários da Operação Sorriso realizarão a avaliação pós-operatória dos 69 pacientes que já fizeram a cirurgia para correção de lábio leporino e/ou fenda palatina na missão humanitária ocorrida em dezembro de 2013.

PREFEITO DE OURILÂNDIA RETORNA AO CARGO

Maurílio Gomes foi afastado do cargo no início do mês.

A desembargadora Odete Silva Carvalho, do Tribunal de Justiça do Pará, mandou reconduzir ao cargo o prefeito afastado de Ourilândia do Norte, Maurílio Gomes da Cunha, o “Maguila”. A decisão foi exarada nos autos do Recurso de Agravo de Instrumento de nº. 2014.3.017152-4 em que a desembargadora sobrestou a decisão judicial da juíza Leonila Maria de Melo Medeiros, da Vara Única da Comarca de Ourilândia do Norte, que determinava o afastamento cautelar do Prefeito pelo prazo de 90 (noventa) dias a iniciar do dia 01 de julho de 2014 nos autos da ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público do Estado do Pará.

Por consequência do afastamento do Prefeito, a Vice-Prefeita do Município de Ourilândia do Norte, Ângela Liberado (PSB) assumiu o cargo no dia 01 de maio e no mesmo dia exonerou todos os Secretários e Cargos de chefias, realizando novas nomeações, com objetivo de realizar uma verdadeira intervenção no município. “Ourilândia do Norte hoje vive um momento político muito tenso, pois, a Vice-Prefeita juntamente com a Vereadora Zulene dos Santos Araújo já declararam publicamente e em vários meios de comunicação que são adversário político do Prefeito Maguila, e isto somente faz com que a população se revolte com o quadro existente no município”. Disse Maurílio Gomes a reportagem. Na tarde de ontem, uma grande carreata percorreu as ruas da cidade em comemoração a reintegração do prefeito ao cargo.

A população está contrariada com a oposição existente contra o Prefeito, pois, a grande maioria da população está contente com a forma de trabalho e obras realizadas pelo Prefeito Maguila, e prova-se isto, pela gigante carreata realizada pelos seus seguidores após recepcioná-lo no aeroporto de Ourilândia do Norte do dia 15/07/2014, e isto, demonstra total apoio ao mesmo.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

POLICIA MILITAR CONTRATOU SEGURANÇAS PARA TRABALHAR NO FEST MILHO EM ULIANÓPOLIS. DAVI RESENDE NÃO QUERIA PAGAR OS CONTRATADOS

Tem coisas que realmente só acontecem em Ulianópolis. Além do roubo desenfreado do dinheiro público, sob a vista grossa de quem deveria zelar pela fiscalização do comprimento das leis, ( Aliás, lei é letra morta em Ulianópolis), a população ainda tem que conviver com as atitudes coronelescas do alcaide Davi Resende. Vejam só a última do pseudo prefeito : Durante o agrofest milho, que custou uma fortuna aos cofres municipais, o coronel ordenou a PM que contratasse oito pessoas para trabalhar como seguranças na festa.

Passado o festejo, os contratados foram bater as portas do prédio da guarnição da PM, que chutou a bola para a prefeitura, sendo que esta se recusava a pagar pelos serviços. Leia-se, a bagatela de R$ 7 mil reais.

Depois de muita conversa fiada, e com a ameaça dos trabalhadores de procurar a imprensa para denunciar tudo, rapidinho a corriola da prefeitura deu um jeitinho e pagou a fatura.

Esta denúncia, como tantas outras ficam aqui a disposição do Ministério Público, (caso tenha interesse em investigar), e também serão encaminhadas a Corregedoria da Polícia Militar do Pará. Diga-se de passagem, nem na imaginária Sucupira, idealizada pelo saudoso escritor Dias Gomes, se via tanta bandalheira. Terra sem lei é assim : cabide de empregos de parentes, uso particular de toda a máquina pública, fraudes em licitações, e todo o tipo de falcatruas, imagináveis e inimagináveis.  

EMATER PARTICIPA DAS COMEMORAÇÕES DOS 66 ANOS DE ITUPIRANGA

Município é um dos mais ocupados territorialmente com projetos de assentamentos no Estado.

Acompanhando as comemorações pelos 66 anos do município de Itupiranga, no sudeste paraense, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) destaca os bons resultados obtidos neste ano. Somente no último mês, os técnicos finalizaram a Chamada Pública 1/ 2011, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que atendeu 1,5 mil famílias assentadas e garantiu o acesso ao crédito rural, que alcançou a marca de R$ 7 milhões.

O município de Itupiranga, que fez 66 anos na última segunda-feira (14), é um dos mais ocupados territorialmente com projetos de assentamentos no Estado, com 54 unidades. Neste universo, a Emater atendeu agricultores assentados de 18 projetos. O objetivo é desenvolver a agricultura familiar no município. Para isso, visitas, atendimentos, acompanhamento, instruções, oficinas e formalização de projetos foram feitos, para que o conhecimento fosse levado ao produtor assentado.

Por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), cerca de 350 projetos foram internalizados nos agentes financeiros. “Cada família contratou em média R$ 20 mil, sendo que as modalidades de agricultura foram de acordo com a aptidão de cada colono, seja ela mandiocultura ou a criação de gado misto, leite e corte”, explica o chefe da Emater local, Walter Ferreira.

Além dos atendimentos às famílias assentadas, os agricultores familiares comuns do município também foram beneficiados com um trabalho qualificado, na pesca artesanal, criação de gado, produção de maracujá, milho, cacau e açaí nativo, e em hortas. “Fizemos os levantamentos das cadeias produtivas, cursos e palestras. Nosso trabalho é focado no beneficiamento da produção e na preservação ambiental, como no caso da pesca artesanal, por exemplo, embora 90% dos produtores rurais de Itupiranga tenham uma pequena quantidade de gado de corte. Sabemos que contribuímos para o desenvolvimento local”, ressalta.

 

 

 

PREFEITO AFASTADO DENUNCIA COMPLÔ EM PORTO DE MOZ

Edilson Cardoso, do PSDB, diz que foi vítima de manobra política do PMDB local.

Os moradores de Porto de Moz, região do baixo Xingu, vivem um momento de incerteza política. Há 33 dias o prefeito Edilson Cardoso (PSDB) foi afastado do cargo, por decisão da Câmara de Vereadores do município, acusado supostamente de irregularidades a frente do executivo municipal. De acordo com o vereador Nildo Pontes (PMDB) hoje o município de Porto de Moz está praticamente parado administrativamente. Os salários dos servidos municipais estão atrasados, os comerciantes não querem vender para a prefeitura por não saber quem vai ficar, de fato, no cargo. “O município está um caos. Como representante do povo, nunca tinha me deparado na história do município de Porto de Moz, com uma irregularidade tamanha como essa”, explica o vereador.
No início do mês de junho, a Câmara de Porto de Moz recebeu a denúncia de um eleitor, identificado como Paulo Henrique, que acusava o prefeito de praticar múltiplos atos de Improbidade administrativa. No dia 09, durante uma sessão eles afastaram, sem abrir um Processo Parlamentar de inquérito, o prefeito por um período de 180 dias para apurar as denúncias e empossaram o vice-prefeito Raimundo dos Santos (PROS).

Segundo o vereador Nildo, isso seria uma manobra política para a oposição voltar ao poder em Porto de Moz. “Na hora eu estava na sessão e argumentei com o presidente da Câmara, que estava ferindo o regimento interno da casa e a lei orgânica do município, e ele não levou em consideração passando por cima da lei e fez de maneira absurda esse ato. A gente vê que é uma manobra totalmente política, onde se juntaram os oito vereadores, mais o vice- prefeito que tem o vereador do seu partido, para cometer esse ato”, argumenta Nildo.
O prefeito Edilson Cardoso, afirma que ficou abismado com a decisão da Câmara em afastá-lo do cargo sem formar uma comissão processante como manda a lei. “Foi uma coisa absurda. Na segunda-feira eles me cassaram e na terça já empossaram o vice-prefeito.”, disse Edilson. A defesa de Edilson Cardoso impetrou na quarta-feira, 09 de julho, com segundo mandando de segurança na Comarca de Porto de Moz. Na ação impetrada, o advogado de defesa diz que seu cliente respeita as decisões da Câmara, porém não pode concordar com ilegalidades.  

De acordo com o advogado Robério D’Oliveira, a juíza solicitou um prazo de 10 dias para estudar o caso e proferir a sentença. Robério está confiante que seu cliente será reintegrado ao cargo nos próximos dias. “A minha expectativa é de que o judiciário reestabeleça a ordem jurídica no município de Porto de Moz, que foi violada de forma que nos fez lembrar aquele período de ditadura, em que um ato unilateral era tomado e tinha força de lei. Hoje nós temos um prefeito que foi afastado de forma ilegal do cargo e ainda não retornou, então eu acredito que a justiça vai ser feita”, finaliza o advogado.

PROCURADOR PEDE IMPUGNAÇÃO DOS REGISTROS DE 38 CANDIDATOS. DUCIOMAR COSTA E PAULO ROCHA ESTÃO NA LISTA

O procurador eleitoral Alan Mansur pediu ontem a justiça eleitoral a impugnação de 38 registros de candidatura no Pará. No total foram impugnados os nomes de 01 candidato a governador, 02 candidatos ao senado, 02 candidatas a deputada federal e 36 candidatos a deputado estadual.


02 Candidatos a Senado estão na lista, PAULO ROBERTO GALVÃO DA ROCHA (PAULO ROCHA), do PT, por, Renúncia a mandato de Deputado Federal eo ex-prefeito de Belém, do PTB, DUCIOMAR GOMES DA COSTA (DUCIOMAR COSTA), por Condenações pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará.

01 candidato a governador MARCO ANTÔNIO NASCIMENTO RAMOS por Sanção disciplinar de Conselho Profissional

Já para o cargo a Deputado Federal foram impugnadas as candidaturas de MAURA EDWIRGES MARQUES DOS SANTOS (MAURA) e MARLENE MATEUS DO NASCIMENTO (MARLENE MATEUS), ambas por terem Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará.

Com relação aos cargos de Deputado Estadual foram impugnadas 36 as candidaturas de JOSÉ CARLOS DO NASCIMENTO GALIZA (ZÉ CARLOS GALIZA), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

OLAVIO SILVA ROCHA (OLAVIO ROCHA), Condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará,

 

MARTA DIONISIO BATISTA (IRMÃ MARTA), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União e Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

ANTONIO JOSE GARCIA VIANA (ANTONIO JOSÉ), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

JOSE DAVI PASSOS (DAVI PASSOS), Contas, reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

WANDERLEY DIAS VIEIRA (DR. WANDERLEY), Condenação pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região,

 

RONIVALDO FERNANDES DO CARMO (RONY), Condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará, transitada em julgado no STF,

 

SILVIO CARLOS BAHIA SANTOS (SILVINHO SANTOS), Condenação pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará,

 

ROSILANE SOCORRO EVANGELISTA DA SILVA (ROSILANE EVANGELISTA), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará,

 

LUIZ AFONSO DE FONSECA SEFER (SEFER), Renúncia a mandato de Deputado Estadual,

 

VAGNER SANTOS CURI (VAGNER CURI), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

ZACARIAS RODRIGUES DA SILVA (IRMÃO DA SILVA), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

PEDRO ORLANDO DO NASCIMENTO (PEDRO BARREIRÃO) Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

VLADIMIR MENDES GOMES (PROFESSOR VLADIMIR), Sanção disciplinar de Conselho Profissional,

 

RAUL CESAR DOS ANJOS PEREIRA (RAUL CESAR), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

MARIA DO SOCORRO DOS SANTOS JUCÁ (PROFESSORA JUCÁ), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

MARILETE RODRIGUES FREITAS (MARILEITE FREITAS), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

MADALENA HOFFMANN, Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

MARIA DIANA SILVA (DIANA), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

ORLANDO PALHETA LOBATO (ORLANDO LOBATO), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

RAIMUNDO NONATO ANDRADE DO CARMO JUNIOR (RAIMUNDO JÚNIOR), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

ALMIR DE MELO MACHADO (ALMIR DO PARÁ), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

EMILIANO QUARESMA DOS SANTOS (BUJARA), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

LUIZ GONZAGA LEITE LOPES (LUIZ LOPES), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

CLAUDIOMAR DIAS DE ALMEIDA (CLÁUDIO ALMEIDA), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

WANDERLÂNDIA MARIA DE OLIVEIRA AQUINO, Condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará,

 

LUIZ FURTADO REBELO (LUIZ REBELO), Condenação pelo Tribunal de Contas da União,

 

PAULO SÉRGIO SOUZA (CHICO DA PESCA), Demissão do serviço público após processo administrativo disciplinar,

 

BERNADETE TEN CATEN (BERNADETE), Condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará, confirmada pelo TSE,

 

MAILTON MARCELO SILVA FERREIRA, Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

MICHELY ATHIE FREITAS, Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

FRANCISCO JOSÉ OTERO BRASIL, Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais,

 

HAROLDO JÚNIOR CUNHA E SILVA (HAROLDO SILVA), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União,

JORDÂNIO PERPÉTUO SOCORRO DE MATOS FELIZARDO (JORDÂNIO FELIZARDO), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará,

 

EDNA LUSIA DE SOUZA COSTA (BISPA EDNA), Condenação pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará,

 

JOSÉ ARTUR GUEDES TOURINHO (ARTUR TOURINHO), Contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União,

 

WAGNER OLIVEIRA FONTES (WAGNER FONTES), Ausência de prestação de contas de campanhas eleitorais

 

segunda-feira, 14 de julho de 2014

CAÇAMBA DA PREFEITURA DE ULIANÓPOLIS FLAGRADA DESCARREGANDO ATERRO NA CASA DO TIO DE SUELY RESENDE

Morador registrou caçamba aterrando casa do secretário de obras em Ulianópolis.

Um morador de Ulianópolis, no sudeste do Pará, registrou ocorrência policial na delegacia de polícia local , na quinta-feira, 10, denunciando que uma caçamba da prefeitura do município estaria descarregando aterro em uma residência de propriedade do secretário municipal de obras, Unilson Quinaipp. ( Tio da ex-prefeita Suely Xavier 

A denúncia foi apresentada por um morador da cidade, que registrou imagens da caçamba no momento em que a mesma descarregava o aterro no terreno pertencente ao secretário. “Denuncie a situação para a promotora e ela me orientou a procurar a delegacia de polícia, onde fiz a ocorrência e apresentei as fotos”. Disse o morador.

Na manhã de ontem, o secretário municipal de obras, Unilson Quinaipp, foi intimado pela polícia para prestar esclarecimentos na delegacia, sobre a  prática do crime de improbidade.

Afastamento- O uso indevido de bens e serviços públicos já se tornaram rotina em cidades do interior do Pará. Em junho deste ano, o promotor de justiça de Ourilândia, no sul do Pará, flagrou caçambas da prefeitura, doadas pelo Governo Federal, transportando aterro para um terreno particular. O flagrante resultou no afastamento do prefeito e de três servidores municipais pela prática de improbidade administrativa.
 
O Blog do Evandro Corrêa está investigando o caso e irá detalhar a denúncia envolvendo o secretário de obras e tio da ex-prefeita Suely Xavier.
O blog também já recebeu um vídeo onde foi registrada uma caçamba da prefeitura, doada pelo PAC, descarregando aterro na casa de Élida Xavier, ( tesoureira da prefeitura e irmã de Suely Resende). Está semana publicarei o vídeo.

FALCÕES SÃO RESGATADOS EM PARAUAPEBAS

Aves foram resgatadas pela brigada do corpo de bombeiros

Funcionários do Unique Shopping de Parauapebas encontraram na manhã de ontem no estacionamento dois falcões da espécie Falco Sparverius. As aves foram resgatadas pela brigada do corpo de bombeiros do shopping, que acionou o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). “Estávamos realizando uma inspeção de rotina nos equipamentos da brigada, quando verificamos uma movimentação no local. Ao averiguar, constatamos que dois falcões estavam na grama. Logo acionamos a administração e os funcionários transportaram os animais ao ICMBio”, diz o Coordenador da brigada de bombeiros do Unique Shopping, Wilson Rogério de Melo.

Segundo o chefe da Floresta Nacional de Carajás, Frederico Drumond Martins, as aves estão aparentemente saudáveis. “Os falcões foram encaminhados para o Parque Zoobotânico Vale. Lá, ficarão em quarentena e passarão por avaliação, antes de serem devolvidos ao seu habitat”, diz o chefe da unidade de conservação. As duas fêmeas em idade “sub adulta” são aves nativas da Floresta Nacional de Carajás.

O ICMbio informa que somente animais silvestres nativos da floresta são recebidos pelo Instituto. “Recebemos todo tipo espécie nativa da Floresta de Carajás. Caso o cidadão encontre algum animal, é preciso entrar em contato e fornecer algumas informações, e em seguida, havendo possibilidade, trazê-lo à sede do Instituto”, ressalta Frederico Drumond.

INDIOS FECHAM TRANSAMAZÔNICA EM PROTESTO CONTRA BELO MONTE

O bloqueio começou por volta de quatro horas da manhã e durou até as 10h.

Índios das etnias Arara, Curuaia e Xipaia fecharam nesta sexta-feira (11) o travessão 27 da rodovia Transamazônica em Altamira, no sudoeste do Pará. A interdição foi um protesto contra a construção da usina hidrelétrica Belo Monte, que está sendo erguida no município vizinho de Vitória do Xingu. De acordo com a Norte Energia, empresa responsável pelo empreendimento, o protesto impediu a chegada de trabalhadores ao canteiro de obras.

O bloqueio começou por volta de quatro horas da manhã e durou até as 10h. O protesto terminou quando os manifestantes conseguiram marcar uma reunião com a Funai e representantes do Governo Federal para debater o cumprimento das obrigações referentes aos grupos indígenas.

Durante o protesto um grande congestionamento se formou na rodovia. De acordo com o Consórcio Construtor Belo Monte, responsável pela obra de engenharia civil da barragem, cerca de 35% dos funcionários que moram em Altamira não conseguiram chegar ao trabalho, e somente 65% dos operários que moram nos alojamentos dos canteiros conseguiram trabalhar normalmente.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

QUADRILHA ASSALTA BANCO E ESPALHA TERROR EM PLACAS


Bandidos fortemente armados assaltaram ontem a agência Bancária do município de Placas, no oeste paraense. A ação criminosa aconteceu por volta de 11 horas da manhã e levou medo e pânico a população. Os bandidos, fortemente armados e encapuzados, chegaram na cidade de Placas e fizeram reféns os três policiais militares que estavam de plantão. Em seguida, o bando se dirigiu para a agência do Basa onde retiraram todo o dinheiro do cofre. Na saída, os bandidos fizeram um paredão humano com clientes e funcionários do banco, obrigando todos os homens a tirar a camisa. Após o assalto, a quadrilha fugiu em duas caminhonetes, pela rodovia Transamazônica, rumo ao município de Rurópolis.

Todos os reféns foram posicionados na caminhonete fazendo uma parede humana para proteger os bandidos. Cerca de meia hora depois do assalto, a quadrilha liberou os reféns na transamazônica, em uma ponte a 02 km da cidade de Placas. Em seguida, os bandidos atearam fogo na ponte, na tentativa de impedir a perseguição policial. Várias equipes das polícias civil e militar estão fazendo diligências na região, na tentativa de prender os integrantes da organização criminosa. Até o final da tarde de ontem, ninguém havia sido preso.

Tentativa – Há cerca de um mês, a Polícia Civil do Pará prendeu oito integrantes da associação criminosa que pretendia assaltar a agência do Banco da Amazônia, em Placas. Outros quatro integrantes do grupo continuam foragidos. Entre eles está Damião de Sousa Pacheco, de apelido “Giba", apontado como o líder dos criminosos. Parte do bando - seis homens - foi presa no último dia 6, em Medicilândia, por policiais civis da DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado) e do GPE (Grupo de Pronto-Emprego).

Os presos foram transferidos para a sede da DRCO, em Belém, no último dia 9, para responder pelo crime. No último dia 26, mais dois membros do grupo - Lélio Fernandes Correa e Ingrid Mayane Viegas de Oliveira - foram presos, em um sítio, na zona rural de Altamira, a 27 Km do centro da cidade. O delegado explica que Lélio Correa é apontado como um dos cinco homens que, no dia 6 de junho, montaram uma emboscada, em uma ponte na cidade de Medicilândia, para atacar a tiros policiais civis do GPE, que participavam das investigações para prender os bandidos.

Na ocasião, detalha o policial civil, houve uma troca de tiros com os bandidos. Ingrid de Oliveira é companheira de Damião de Sousa Pacheco, líder da associação criminosa. Ao ser presa, ela estava com um carregador de pistola calibre .380, com 10 munições intactas, além de duas munições de pistola calibre .40, de uso restrito da Polícia. Lélio foi preso em razão de mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca Judiciária de Medicilândia para responder por tentativa de latrocínio, associação criminosa armada e porte ilegal de arma de fogo.

Já Ingrid Mayane foi autuada em flagrante por porte ilegal de munição de uso permitido e de uso restrito e ainda por associação criminosa armada. No último dia 6, foram presos o tocantinense Andreive Coelho Barros, 27 anos, natural de Araguaína (TO); Marcelo de Souza Medrado, 31, de Tucuruí (PA); Isak da Silva Soares, 29, de Tucuruí (PA); Josenilton Pinheiro Machado, 25, de Viseu (PA); Moisés Lima da Conceição, 22, de Uruará (PA), e Janderson Mesquita de Oliveira, 27, de Altamira (PA). Todos permanecem recolhidos à disposição da Justiça.

ACIDENTE DE ÔNIBUS DEIXA TRÊS VÍTIMAS FATAIS NA TRANSAMAZÔNICA

Um grave acidente ocorrido no final da noite de segunda-feira, 07, na rodovia Transamazônica, entre Pacajá e a Vila Maracajá, deixou três vítimas fatais. O ônibus, que viajava do município de Pacajá, rumo a Rondon do Pará, transportava 26 pessoas da mesma família. As vítimas fatais são: Alice Barbosa de Sousa, 36 anos, natural da idade de Itinga, no Maranhão, Tereza Cristina Vieira Carosi, 43 anos, natural de São Paulo, residente na cidade de Marabá e o menor Kainan da Silva Sousa, 11 anos, também de Itinga no Maranhão.

Durante toda a madrugada, as vítimas foram levadas para o Pronto Socorro do Hospital Municipal de Novo Repartimento, que organizou uma força tarefa para atender as vítimas do acidente, acionando médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, 23 pacientes foram atendidos no PS de Novo Repartimento, em função as gravidades dos ferimentos 12 pacientes foram transferidos na madrugada para o Hospital Regional de Tucuruí, em função a necessidade de atendimento de média e alta complexidade, existente apenas naquela unidade de saúde regional.

A equipe do Corpo de Bombeiros Militar sediada em Tucuruí foi acionada, e chegaram ao local do acidente por volta das 2:30 h da madrugada, desta terça-feira (8). Os militares da 23ª Companhia Independente da PM de Novo Repartimento através do comandante Capitão Juniel, apoiado pela equipe do Destacamento de Pacajá comandada pelo Capitão Ross e do Destacamento da Vila de Maracajá, sob a coordenação do Sargento Siqueira, deram total apoio no socorro às vítimas, orientando o tráfego de veículos, isolando a área, e auxiliando na retirada das vítimas das ferragens.

terça-feira, 8 de julho de 2014

FILHO DE PELÉ É PRESO EM SANTOS POR LAVAGEM DE DINHEIRO E TRÁFICO DE DROGAS


Edinho foi preso nesta terça-feira e aguarda transferência (Foto: Carlos Abelha / G1)
 
Edinho foi preso nesta terça-feira e aguarda transferência (Foto: Carlos Abelha / G1)
O ex-goleiro do Santos Futebol Clube Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, foi preso na manhã desta terça-feira (8) em Santos, no litoral de São Paulo, pouco mais de um mês depois de ter sido condenado a 33 anos de prisão por crime de lavagem de dinheiro, proveniente do tráfico de drogas. Edinho, que recorreu da decisão em liberdade, foi preso após a expedição de um mandado de prisão preventiva.
saiba mais
 
No dia 30 de maio, o ex-goleiro foi condenado após decisão da juíza Suzana Pereira da Silva, auxiliar da 1ª Vara Criminal de Praia Grande. Com a possibilidade de prisão, Edinho precisava entregar seu passaporte no cartório do 1° Ofício Criminal da cidade. A medida pretendia evitar que ele deixasse o Brasil antes da decisão final da Justiça.

Segundo informações da Delegacia de Investigaçõe Gerais (DIG) de Santos, o filho de Pelé foi encontrado na própria casa, na cidade, e não ofereceu resistência aos policiais. Ainda durante a manhã, o ex-goleiro foi encaminhado a uma cadeia de Santos.

Outros quatro condenados

 Além do filho de Pelé, Clóvis Ribeiro, o "Nai"; Maurício Louzada Ghelardi, o "Soldado"; Nicolau Aun Júnior, o "Véio"; e Ronaldo Duarte Barsotti, o "Naldinho", foram condenados pelo mesmo crime.

Ex-goleiro do Santos foi condenado a 33 anos de
prisão
 
De acordo com as investigações, "Naldinho" era o líder da organização criminosa, que mantinha sua base em Santos e possuía ligação com o Comando Vermelho, no Rio de Janeiro. Além dos réus condenados, outras pessoas integram o grupo, descoberto pelo Departamento Estadual de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) por meio da Operação Indra, em 2005.
O G1 entrou em contato com o advogado de Edinho, mas, até o fechamento desta reportagem, não obteve retorno.

O caso
O ex-goleiro já havia sido preso em junho de 2005, em Santos, acusado de ter ligações com "Naldinho", que é apontado pela polícia como um dos principais traficantes da região. Na ocasião, o filho de Pelé negou as acusações e declarou ser apenas dependente de drogas.
Em 17 de dezembro de 2005, Edinho foi solto ao obter um habeas corpus no Superior Tribunal Federal (STF). Porém, em fevereiro de 2006, o Ministério Público denunciou o ex-goleiro por lavagem de dinheiro, o que resultou em uma nova prisão, 47 dias após ter conseguido a liberdade provisória. Depois disso, a Justiça vinha negando com frequência os pedidos de liberdade feitos pela defesa do filho de Pelé.

No dia 21 de dezembro de 2006, a ministra do STF Ellen Gracie havia negado pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-jogador, mas, uma semana depois, os advogados de Edinho pediram reconsideração da decisão. O ex-goleiro saiu da Penitenciária de Tremembé no dia seguinte.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

JOSEANE SOUSA LANÇA CANDIDATURA A DEPUTADA ESTADUAL PELO PPS

 
 
 
 

 
 A advogada Joseane Sousa, que morou por 10 anos no município de Ulianópolis, tendo inúmeros serviços prestados ao município, oficializou esta semana a sua candidatura a deputada estadual pelo Partido Popular Socialista., PPS. Ontem, a convite da advogada e da cúpula local do partido, o deputado federal Arnaldo Jordy, recordista de votos em 2010, fez uma visita ao município de Ulianópolis, ocasião em que participou de uma ampla reunião ocorrida no início da noite, no terraço da JOVEL.
 
Em seguida, Arnaldo Jordy, juntamente com a candidata Joseane Sousa, e ainda o ex-prefeito José Carlos Zavarize, fizeram uma visita ao XIII Agrofest Milho 2014, ocasião em que conversaram com vários eleitores.
 
A advogada Joseane Souza atuou por muito anos na República de Emaús, tendo sido coordenadora do Centro de Defesa do Menor - CDM, e uma das participantes da elaboração das Leis Municipais de criação dos Conselhos da Criança e do Adolescente e dos Conselhos Tutelares em mais de 50 municípios paraenses, projeto do UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância.
 
Além de Ulianópolis, a candidata está trabalhando nos municípios de Rondon do Pará, Dom Eliseu, Paragominas, Ipixuna do Pará, Mãe do Rio, Benevides, Ourém, Barcarena, Itaituba, Santarém, Monte Alegre, Jacareacanga  e Capitão Poço.
 
Como bandeira de luta, a advogada ressalta o enfrentamento aos poderosos e as oligarquias e principalmente o respeito e o cuidado com os humildes e desassistidos.


quinta-feira, 3 de julho de 2014

BANDIDOS ROUBAM 1 MILHÃO DE AERONAVE DO BANCO DO BRASIL EM SÃO FÉLIX DO XINGU



IMG-20140701-WA0015Nesta terça-feira (01/07/14), pela manhã, três assaltantes, fortemente armados, invadiram o aeroporto de São Félix do Xingu onde renderam uma pequena aeronave que trazia dinheiro para suprir o Banco do Brasil daquela cidade. Conforme as primeiras informações, a aeronava havia levantado vôo em Redenção, e assim que aterrizou na pista e começou a taxiar em direção à casa do aeroporto, foi cercada pelos assaltantes, que começaram a atirar em seus pneus. Com a tripulação rendida, os ladrões entraram no avião, pegaram os malotes com o dinheiro, e fugiram em um carro Palio branco. A Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) é quem vai investigar o assalto ao avião. Não foi divulgado o valor roubado pelos assaltantes.

MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR DENUNCIA TENENTE CORONEL POR PERSEGUIÇÃO A SUBORDINADOS

Denunciado é Comandante do 17° Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado no município de Xinguara

O Ministério Público Militar, por meio do 1° promotor de Justiça Militar, Armando Brasil Teixeira, denunciou esta semana o tenente coronel da Polícia Militar, José Sardinha de Oliveira Júnior. O motivo da denúncia advém do fato do coronel perseguir s seus subordinados adotando escalas de trabalho extraordinárias, segundo “notícia crimnis” formulada ao MP militar. Os presentes autos do IPM foram instaurados por requisição do Ministério Público Militar, após receber “notícia crimnis” formulada pelo presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Pará (Acspmbm-pa).

O denunciado é Comandante do 17° Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado no município de Xinguara, e segundo denúncia persegue os seus subordinados adotando escalas de trabalho excessivas e extraordinárias como redução dos horários de folga, ameaças à praças daquela Organização Policial Militar (OPM), com processos disciplinares caso os mesmos não cumpram ordens ilegais emanadas pelo mesmo.

De acordo com o depoimento do 3° Sargento PM, João Santos Souza, o mesmo foi procurado na condição de presidente da associação de Cabos e Soldados, grêmio de Xinguara, por vários policiais militares insatisfeitos com as escalas extra adicionais por conta da feira agropecuária de Xinguara, que ocorreu no período de 14 a 22 de setembro de 2013, os policiais militares insatisfeitos inclusive teriam solicitado ao Comando a dispensa do serviço extra, no evento em tela mesmo cientes de que receberiam abono extra tal como comprovado.

Segundo ainda a denúncia, "a segurança interna da feira agropecuária de Xinguara que era de responsabilidade dos organizadores, que são produtores rurais do município, os quais detém recursos financeiros para custear segurança particular, ficou atribuída a Polícia Militar no qual o denunciado retirou policiais das ruas do município, privando a população principalmente a mais carente do acesso ao serviço essencial de segurança pública", argumentam os autores.

Além disso, de acordo com o depoimento de vários policiais militares, a jornada normal de serviço era de doze (12) horas com folga de quarenta e oito (48) horas , causando fadiga aos militares que necessitam da folga regulamentar com o objetivo de recuperar a sua capacidade física-laboral. “Em razão dos fatos acima, o Ministério Público Militar infere que o denunciado infringiu normas constitucionais e intraconstitucionais, em razão de seu ofício, com o objetivo de privilegiar os organizadores da feira agropecuária de Xinguara em detrimento e sociedade e aos policiais militares destacados no 17° BPM, razão pela qual o mesmo está incurso nas sanções punitivas do art. 319 do CPM” esclarece o promotor Armando Brasil Teixeira.

JUIZA AFASTA PREFEITO DE OURILÂNDIA DO NORTE

Maurílio Gomes Cunha, o “Maguila”, foi afastado do cargo, pelo período de 90 dias.

Pouco mais de um mês após o Ministério Público do Pará flagrar o uso irregular de veículos e maquinários próprios e alugados de propriedade e uso exclusivo da Prefeitura de Ourilândia do Norte, no sul do Pará, sendo utilizados para fins "particulares", o prefeito Maurílio Gomes Cunha, o “Maguila”, foi afastado do cargo, pelo período de 90 dias. A decisão, desta terça-feira, 1º, foi exarada pela juíza Leonila Maria de Melo Medeiros.  

De acordo com a população de Ourilândia, Maurílio Gomes já deixou o município e a vice-prefeita, Ângela Liberato, assumiu o cargo. Ele responderá pelos crimes de improbidade administrativa e crime ambiental. Durante o período estipulado pela Justiça, o gestor está impedido de entrar no prédio da Prefeitura, sob pena do pagamento de R$10 mil se descumprir a ordem e encaminhamento até a Delegacia de Polícia, podendo responder também pelos crimes de desobediência e prevaricação.

O caso - De acordo com o promotor de justiça Ramon Furtado, a areia era extraída, de forma irregular, das margens do Rio Branco (área protegida), para um "Parque de Vaquejada" de propriedade particular. “Essa situação foi flagrada no dia 19 de maio deste ano, quando após denúncias anônimas ao Ministério Público Estadual, fomos conferir a situação e flagramos a irregularidade”, contou o promotor.

Ainda de acordo com ele, uma retro escavadeira era usada para retirada do material das margens do rio, sem nenhum tipo de licenciamento ambiental, para depois ser depositada em caminhões caçambas da Prefeitura de Ourilândia, e por fim, até a área onde seria aberto o parque. “Para piorar a situação, servidores públicos eram escalados para trabalhar nessa ação”, ponderou. Entre os veículos utilizados irregularmente, um era destinado para uso exclusivo nas obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Em nota à população do município, o gestor municipal respondeu que "barganhou as caçambas de areia para ajudar a organizar um evento", que posteriormente teria entrada livre e gratuita para a população do município. O que, para a juíza, não foi comprovado. A reportagem tentou entrar em contato com o prefeito Maurílio Gomes, mas até o fechamento desta edição não conseguiu contato com o gestor afastado.